130/2014 A Câmara de Vereadores de Joinville, acatando proposição do Vereador Adilson Mariano, apela à Excelentíssima Senhora Chefe do Executivo Nacional, Presidenta da República Dilma Rousseff, ao Presidente do Congresso Nacional, Henrique Alves, ao Presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minoria do Congresso Nacional, Assis de Couto, ao Membro da Comissão Estadual da Verdade de Santa Catarina, Desembargador Ronei Danielle, ao Secretário de Estado da Casa Civil de Santa Catarina, Nelson Antônio Serpa, ao Presidente da Assembleia Legislativa de Santa Catarina, Joares Ponticelli, ao Governador do Estado de Santa Catarina, Raimundo Colombo, ao Ministro de Estado da Defesa, Celso de Amorim, ao Comandante do 62º Batalhão de Infantaria de Joinville, Comandante Sandro Emilio Dureck, e ao Chefe do Executivo Municipal Udo Dohler, REPUDIA a atitude desta Casa Legislativa que, em 1° de abril de 1964, aprovou por unanimidade um ato manifestando-se favorável ao golpe militar que instaurou uma ditadura altamente repressiva que se perpetuou por 21 anos, destituindo mandatos eleitos democraticamente pelo povo e perseguindo, torturando e matando milhares de liderança e ativistas de diferentes frentes de intervenção social, impondo um fim à liberdade de organização e manifestação no país, bem como declarou o fim dos partidos políticos e fechou o Congresso Nacional para defender os interesses do imperialismo internacional sob o sangue de jovens e trabalhadores, e APELA A RETRATAÇÃO PÚBLICA desta casa legislativa ante o lamentável fato, honrando assim, o sangue de milhares de lideranças que lutaram bravamente pela atual democracia em nosso país.